Os melhores produtos direto da terra do Tio Sam 🇺🇸✈️🇧🇷

 

Sobre o iPhone 12 Pro Max

O celular iPhone 12 Pro Max foi lançado em 23 de Outubro de 2020 e tem uma ficha técnica interessante. Quem gosta de tirar fotos conta com uma câmera de 12 MP + 12 MP + 12 MP, além de 12 MP para capturar as famosas selfies. Seguindo com as especificações, ele também é equipado com 6GB de RAM, memória interna de 128GB, 256GB ou 512GB e o processador Apple A14 Bionic (5 nm). Isso tudo rodando o sistema operacional iOS 14.1.

Ficha técnica do iPhone 12 Pro Max:

  • Tela: 6,7 polegadas, com tecnologia XDR OLED Retina, HDR10, true Tone, dolby vision, brilho de 1200 Nits e resolução de 1284 x 2778 pixels
  • Processador: Apple A14 Bionic
  • Armazenamento interno: 128 GB, 256 GB ou 512 GB
  • Câmeras traseiras: 12 MP (f/1.6) + 12 MP ultra-wide (f/2.4) + 12 MP teleobjetiva (f/2.4) com zoom óptico de 5x + sensor de profundidade LIDAR
  • Grava em: 4K @ 60 FPS com Dolby Vision ativado
  • Câmera frontal: 12 MP (f/2.2)
  • Bateria: Até 10 horas de autonomia em reprodução de vídeo contínua
  • Carregamento turbo: Suporta carregadores de até 20W
  • Carregamento sem fio: Sim, com sistema MagSafe
  • Proteção contra água: Sim, com IP68
  • Face ID: Sim
  • Cores disponíveis: prateado, grafite, azul e dourado ouro

Design

Design do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Reprodução/GSM Arena)

Design do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Reprodução/GSM Arena)

Algumas características do iPhone 11 foram mantidas no design do iPhone 12. Ele tem construção com acabamento em vidro (protegido por Gorilla Glass) e laterais em aço inoxidável. Por falar em laterais, elas foram a “novidade” no quesito aparência. O formato “reto” com curvas nos cantos trouxe as lembranças do iPhone 4, modelo que foi sucesso na época em que foi lançado.

O iPhone 12 Pro Max tem cores "metálicas". (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max tem cores "metálicas". (Foto: Divulgação/Apple)

A fabricante continua adotando pinturas lisas e sem detalhes para o celular, com o clássico logo da maçã em sua parte traseira. O módulo quadrado das câmeras foi mantido e abriga o conjunto triplo de sensores, LIDAR e Flash. Na parte frontal, as bordas da tela foram reduzidas, mas o notch retangular continua. A empresa vai na contramão do restante do mercado, que adota recortes discretos ou até mesmo apenas “furos” na tela.

O iPhone 11 Pro Max será vendido em quatro cores, sendo elas: prateado, grafite, azul e dourado. É válido ressaltar que ele não possui entrada para fones de ouvido, por isso, o usuário precisará usar modelos sem fio ou um adaptador lightning.

Tela

O iPhone Pro Max é o que tem a maior tela nesta nova geração. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone Pro Max é o que tem a maior tela nesta nova geração. (Foto: Divulgação/Apple)

Para quem gosta de celular com tela grande, o iPhone Pro Max é o maior da família. Ele tem um painel de 6,7 polegadas e, assim como os outros modelos, usa a tecnologia Super Retina XDR OLED, além de ter a resolução 1284 x 2778, que é um maior que a Full HD.

Ele também possui a tecnologia de HDR10, que melhora as cores e aumenta o brilho, podendo chegar a até 1200 nits de acordo com a Apple. O recurso de True Tone configura a tonalidade da tela de acordo com a luminosidade do ambiente, garantindo que o usuário sempre tenha boa qualidade de imagem.

A principal novidade é a proteção Ceramic Shield, cuja resistência contra impactos é quatro vezes maior que a tecnologia adotada em modelos anteriores. A fabricante destaca a camada antioleosidade e impressões digitais para a tela.

Desempenho

O processador Apple A14 Bionic é o primeiro a ser fabricado em 5 nm. (Foto: Divulgação/Apple)

O processador Apple A14 Bionic é o primeiro a ser fabricado em 5 nm. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max tem desempenho de alto nível, graças ao chip A14 Bionic, que é de fabricação da própria Apple. Ele é o primeiro a ser fabricado em 5 nanômetros e tem 11,8 bilhões de transistores. Além de oferecer um desempenho extraordinário, o componente também entrega boa eficiência energética, o que resulta em mais autonomia de bateria para o usuário.

Sua “rede neural” está 80% mais rápida e consegue trabalhar com até 16 núcleos, o dobro do que a geração anterior trabalha. Além disso, os aceleradores de aprendizado de máquina estão 70% mais rápidos, resultando em 11 trilhões de operações por segundo. A Apple descreve o chip como o mais rápido dentre todos os smartphones atualmente.

Outro recurso que é destacado pela empresa é a possibilidade de gravar com o Dolby Vision HDR nativamente, “algo que não está presente nem em câmeras profissionais”, conforme cita o anúncio. A rede neural também melhorou a aplicação do Deep Fusion, tecnologia que aprimora os detalhes de fotos, por exemplo.

O iPhone Pro Max terá suporte a redes 5G. (foto: Divulgação/Apple)

O iPhone Pro Max terá suporte a redes 5G. (foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max será vendido em três versões diferentes: 128 GB, 256 Gb e 512 GB de armazenamento interno, mas nenhuma delas terá slot para cartão de memória. O celular já chegará equipado com o iOS 14, o sistema operacional mais recente da empresa, e terá suporte a redes móveis 5G.

Câmeras

Conjunto de câmeras do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

Conjunto de câmeras do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max possui conjunto triplo de câmeras que é semelhante à versão Pro e todas têm 12 MP. A principal tem abertura f/1.6, dual pixel, foco automático por detecção de fase e estabilização óptica por deslocamento de sensor. A secundária tem abertura f/2.0 e lente ultra-wide, para enquadramento maior. A terceira possui abertura f/2.4, lente teleobjetiva, com zoom óptico de cinco vezes e digital de até 12 vezes.

Foto com a lente teleobjetiva do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

Foto com a lente teleobjetiva do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

O aparelho também tem sensor LIDAR, cuja tecnologia faz o reconhecimento 3D do ambiente e melhora a precisão do foco em locais com baixa iluminação, fazendo um recorte quase perfeito no modo retrato. Ele também pode ser usado para aplicativos de realidade aumentada.

Na apresentação do celular, a Apple deu um grande foco ao seu novo modo noturno, que deve entregar imagens em ótima qualidade e com muitos detalhes, mesmo em iluminação muito baixa. As câmeras secundárias também terão acesso à função, com até 27% mais captação de luz. O sensor LIDAR ajuda o aparelho a ter foco rápido e fazer o recorte do modo retrato também nessas ocasiões.

Foto tirada com o modo noturno do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

Foto tirada com o modo noturno do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

A tecnologia Deep Fusion analisa várias exposições para aumentar os detalhes em cenários com iluminação comprometida. Já o HDR 3 usa aprendizado de máquina e inteligência artificial para destacar os detalhes do objeto principal da cena, preservando a cor do restante da cena.

Além disso, a empresa destaca novo formato Apple ProRAW, formato derivado e melhorado do Raw. Esse formato já entregará as fotos com os ajustes de redução de ruídos e exposição prontos, economizando tempo na edição.

O Apple WAW Pro é o novo formato profissional voltado para editores. (Foto: Divulgação/Apple) 

O Apple WAW Pro é o novo formato profissional voltado para editores. (Foto: Divulgação/Apple) 

Gravação de vídeo e câmera frontal

A câmera de selfies do iPhone Pro Max também tem modo noturno. (Foto: Divulgação/Apple)

A câmera de selfies do iPhone Pro Max também tem modo noturno. (Foto: Divulgação/Apple)

Esse celular consegue fazer vídeos em 4K a até 60 FPS e tem o diferencial da estabilização óptica por deslocamento de sensor, fazendo com que o vídeo fique sem tremidos. Ele é o primeiro a conseguir gravar com o recurso de Dolby Vision HDR, que entrega até 60 vezes mais cores.

O iPhone 12 tem câmera frontal de 12 MP, com abertura f/2.2, HDR integrado e possibilidade de fazer vídeos na resolução 4K. Ao lado dela, o celular possui um sensor SL 3D que, além de ajudar no recorte das fotos no modo retrato, também dá mais velocidade e segurança para o reconhecimento facial (Face ID).

Bateria

O iPhone 12 Pro Max tem carregamento turbo e carregamento sem fio. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max tem carregamento turbo e carregamento sem fio. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max é o modelo com maior autonomia de bateria entre os lançamentos. São até 20 horas de reprodução de vídeo contínua ou 80 horas de reprodução de áudio. Ele suporta carregamento rápido de até 20W, então o usuário pode carregar até metade da bateria em apenas 30 minutos.

A Apple terá vários acessórios do MagSafe para o iPhone 12 Pro MAx. (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple terá vários acessórios do MagSafe para o iPhone 12 Pro MAx. (Foto: Divulgação/Apple)

O carregamento sem fio pelo MagSafe é uma das novidades da linha. Com ele, o usuário pode usar o carregamento sem fio com indução aprimorada e a traseira do celular possui um conjunto de ímãs e NFC para identificação de acessórios. Serão produzidos diferentes carregadores, capas, capa-carteira, entre outros acessórios que “grudam” no celular pelos imãs, ativando funções específicas.

Para diminuir a emissão de carbono na atmosfera, a empresa anunciou que nenhum dos celulares da linha iPhone 12 terão carregadores ou fone de ouvido em sua caixa. Dessa forma, o usuário só terá o cabo USB como acessório e terá que investir na compra separada do carregador.

Carregador e fone de ouvido não serão vendidos junto ao iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

Carregador e fone de ouvido não serão vendidos junto ao iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

 

iPhone 12 Pro Max

R$8.687,67
iPhone 12 Pro Max R$8.687,67
Entregas para o CEP:

Meios de envio

 

Sobre o iPhone 12 Pro Max

O celular iPhone 12 Pro Max foi lançado em 23 de Outubro de 2020 e tem uma ficha técnica interessante. Quem gosta de tirar fotos conta com uma câmera de 12 MP + 12 MP + 12 MP, além de 12 MP para capturar as famosas selfies. Seguindo com as especificações, ele também é equipado com 6GB de RAM, memória interna de 128GB, 256GB ou 512GB e o processador Apple A14 Bionic (5 nm). Isso tudo rodando o sistema operacional iOS 14.1.

Ficha técnica do iPhone 12 Pro Max:

  • Tela: 6,7 polegadas, com tecnologia XDR OLED Retina, HDR10, true Tone, dolby vision, brilho de 1200 Nits e resolução de 1284 x 2778 pixels
  • Processador: Apple A14 Bionic
  • Armazenamento interno: 128 GB, 256 GB ou 512 GB
  • Câmeras traseiras: 12 MP (f/1.6) + 12 MP ultra-wide (f/2.4) + 12 MP teleobjetiva (f/2.4) com zoom óptico de 5x + sensor de profundidade LIDAR
  • Grava em: 4K @ 60 FPS com Dolby Vision ativado
  • Câmera frontal: 12 MP (f/2.2)
  • Bateria: Até 10 horas de autonomia em reprodução de vídeo contínua
  • Carregamento turbo: Suporta carregadores de até 20W
  • Carregamento sem fio: Sim, com sistema MagSafe
  • Proteção contra água: Sim, com IP68
  • Face ID: Sim
  • Cores disponíveis: prateado, grafite, azul e dourado ouro

Design

Design do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Reprodução/GSM Arena)

Design do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Reprodução/GSM Arena)

Algumas características do iPhone 11 foram mantidas no design do iPhone 12. Ele tem construção com acabamento em vidro (protegido por Gorilla Glass) e laterais em aço inoxidável. Por falar em laterais, elas foram a “novidade” no quesito aparência. O formato “reto” com curvas nos cantos trouxe as lembranças do iPhone 4, modelo que foi sucesso na época em que foi lançado.

O iPhone 12 Pro Max tem cores "metálicas". (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max tem cores "metálicas". (Foto: Divulgação/Apple)

A fabricante continua adotando pinturas lisas e sem detalhes para o celular, com o clássico logo da maçã em sua parte traseira. O módulo quadrado das câmeras foi mantido e abriga o conjunto triplo de sensores, LIDAR e Flash. Na parte frontal, as bordas da tela foram reduzidas, mas o notch retangular continua. A empresa vai na contramão do restante do mercado, que adota recortes discretos ou até mesmo apenas “furos” na tela.

O iPhone 11 Pro Max será vendido em quatro cores, sendo elas: prateado, grafite, azul e dourado. É válido ressaltar que ele não possui entrada para fones de ouvido, por isso, o usuário precisará usar modelos sem fio ou um adaptador lightning.

Tela

O iPhone Pro Max é o que tem a maior tela nesta nova geração. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone Pro Max é o que tem a maior tela nesta nova geração. (Foto: Divulgação/Apple)

Para quem gosta de celular com tela grande, o iPhone Pro Max é o maior da família. Ele tem um painel de 6,7 polegadas e, assim como os outros modelos, usa a tecnologia Super Retina XDR OLED, além de ter a resolução 1284 x 2778, que é um maior que a Full HD.

Ele também possui a tecnologia de HDR10, que melhora as cores e aumenta o brilho, podendo chegar a até 1200 nits de acordo com a Apple. O recurso de True Tone configura a tonalidade da tela de acordo com a luminosidade do ambiente, garantindo que o usuário sempre tenha boa qualidade de imagem.

A principal novidade é a proteção Ceramic Shield, cuja resistência contra impactos é quatro vezes maior que a tecnologia adotada em modelos anteriores. A fabricante destaca a camada antioleosidade e impressões digitais para a tela.

Desempenho

O processador Apple A14 Bionic é o primeiro a ser fabricado em 5 nm. (Foto: Divulgação/Apple)

O processador Apple A14 Bionic é o primeiro a ser fabricado em 5 nm. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max tem desempenho de alto nível, graças ao chip A14 Bionic, que é de fabricação da própria Apple. Ele é o primeiro a ser fabricado em 5 nanômetros e tem 11,8 bilhões de transistores. Além de oferecer um desempenho extraordinário, o componente também entrega boa eficiência energética, o que resulta em mais autonomia de bateria para o usuário.

Sua “rede neural” está 80% mais rápida e consegue trabalhar com até 16 núcleos, o dobro do que a geração anterior trabalha. Além disso, os aceleradores de aprendizado de máquina estão 70% mais rápidos, resultando em 11 trilhões de operações por segundo. A Apple descreve o chip como o mais rápido dentre todos os smartphones atualmente.

Outro recurso que é destacado pela empresa é a possibilidade de gravar com o Dolby Vision HDR nativamente, “algo que não está presente nem em câmeras profissionais”, conforme cita o anúncio. A rede neural também melhorou a aplicação do Deep Fusion, tecnologia que aprimora os detalhes de fotos, por exemplo.

O iPhone Pro Max terá suporte a redes 5G. (foto: Divulgação/Apple)

O iPhone Pro Max terá suporte a redes 5G. (foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max será vendido em três versões diferentes: 128 GB, 256 Gb e 512 GB de armazenamento interno, mas nenhuma delas terá slot para cartão de memória. O celular já chegará equipado com o iOS 14, o sistema operacional mais recente da empresa, e terá suporte a redes móveis 5G.

Câmeras

Conjunto de câmeras do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

Conjunto de câmeras do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max possui conjunto triplo de câmeras que é semelhante à versão Pro e todas têm 12 MP. A principal tem abertura f/1.6, dual pixel, foco automático por detecção de fase e estabilização óptica por deslocamento de sensor. A secundária tem abertura f/2.0 e lente ultra-wide, para enquadramento maior. A terceira possui abertura f/2.4, lente teleobjetiva, com zoom óptico de cinco vezes e digital de até 12 vezes.

Foto com a lente teleobjetiva do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

Foto com a lente teleobjetiva do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

O aparelho também tem sensor LIDAR, cuja tecnologia faz o reconhecimento 3D do ambiente e melhora a precisão do foco em locais com baixa iluminação, fazendo um recorte quase perfeito no modo retrato. Ele também pode ser usado para aplicativos de realidade aumentada.

Na apresentação do celular, a Apple deu um grande foco ao seu novo modo noturno, que deve entregar imagens em ótima qualidade e com muitos detalhes, mesmo em iluminação muito baixa. As câmeras secundárias também terão acesso à função, com até 27% mais captação de luz. O sensor LIDAR ajuda o aparelho a ter foco rápido e fazer o recorte do modo retrato também nessas ocasiões.

Foto tirada com o modo noturno do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

Foto tirada com o modo noturno do iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

A tecnologia Deep Fusion analisa várias exposições para aumentar os detalhes em cenários com iluminação comprometida. Já o HDR 3 usa aprendizado de máquina e inteligência artificial para destacar os detalhes do objeto principal da cena, preservando a cor do restante da cena.

Além disso, a empresa destaca novo formato Apple ProRAW, formato derivado e melhorado do Raw. Esse formato já entregará as fotos com os ajustes de redução de ruídos e exposição prontos, economizando tempo na edição.

O Apple WAW Pro é o novo formato profissional voltado para editores. (Foto: Divulgação/Apple) 

O Apple WAW Pro é o novo formato profissional voltado para editores. (Foto: Divulgação/Apple) 

Gravação de vídeo e câmera frontal

A câmera de selfies do iPhone Pro Max também tem modo noturno. (Foto: Divulgação/Apple)

A câmera de selfies do iPhone Pro Max também tem modo noturno. (Foto: Divulgação/Apple)

Esse celular consegue fazer vídeos em 4K a até 60 FPS e tem o diferencial da estabilização óptica por deslocamento de sensor, fazendo com que o vídeo fique sem tremidos. Ele é o primeiro a conseguir gravar com o recurso de Dolby Vision HDR, que entrega até 60 vezes mais cores.

O iPhone 12 tem câmera frontal de 12 MP, com abertura f/2.2, HDR integrado e possibilidade de fazer vídeos na resolução 4K. Ao lado dela, o celular possui um sensor SL 3D que, além de ajudar no recorte das fotos no modo retrato, também dá mais velocidade e segurança para o reconhecimento facial (Face ID).

Bateria

O iPhone 12 Pro Max tem carregamento turbo e carregamento sem fio. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max tem carregamento turbo e carregamento sem fio. (Foto: Divulgação/Apple)

O iPhone 12 Pro Max é o modelo com maior autonomia de bateria entre os lançamentos. São até 20 horas de reprodução de vídeo contínua ou 80 horas de reprodução de áudio. Ele suporta carregamento rápido de até 20W, então o usuário pode carregar até metade da bateria em apenas 30 minutos.

A Apple terá vários acessórios do MagSafe para o iPhone 12 Pro MAx. (Foto: Divulgação/Apple)

A Apple terá vários acessórios do MagSafe para o iPhone 12 Pro MAx. (Foto: Divulgação/Apple)

O carregamento sem fio pelo MagSafe é uma das novidades da linha. Com ele, o usuário pode usar o carregamento sem fio com indução aprimorada e a traseira do celular possui um conjunto de ímãs e NFC para identificação de acessórios. Serão produzidos diferentes carregadores, capas, capa-carteira, entre outros acessórios que “grudam” no celular pelos imãs, ativando funções específicas.

Para diminuir a emissão de carbono na atmosfera, a empresa anunciou que nenhum dos celulares da linha iPhone 12 terão carregadores ou fone de ouvido em sua caixa. Dessa forma, o usuário só terá o cabo USB como acessório e terá que investir na compra separada do carregador.

Carregador e fone de ouvido não serão vendidos junto ao iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)

Carregador e fone de ouvido não serão vendidos junto ao iPhone 12 Pro Max. (Foto: Divulgação/Apple)